Snow Patrol Brasil » Gary Lightbody
set,
10
2009
Gary e Tom bancando DJs

Não que vá adiantar de algo pra gente, é só a título de curiosidade. Mas Gary e Tom serão DJs hoje à noite no Underground, uma boate em Chicago, EUA.
Você está em Chicago? Então é sua noite de sorte. Corra pra lá, das 21 às 5, por US$20.00.
=)

Metromix via The Third Bar e Ethiopian Review

set,
10
2009
Gary para a “Q the Music” – semana 16

Nesses últimos 7 dias estivem compondo e gravando nas montanhas acima de LA na nova casa de Garret (Jacknife) Lee, no meio de pumas, coiotes, cobras e viúvas-negras.
Sério, a gente achou uma viúva-negra outro dia e tiveram que matá-la. Desculpe se alguém se ofende com isso, mas têm crianças por aqui e o veneno de uma dessas pode matar uma criança pequena. Mas são criaturas incríveis. E filhas da mãe. Enfim, meus pensamentos se voltaram ao meu lar por algum motivo. Talvez porque a única coisa que poderia me matar lá seria uma desventura na cidade num sábado à noite.

Leia mais

set,
5
2009
Curiosidades

– O álbum “When it’s All Over we Still Have to Clear up” originalmente iria se chamar “Santa Maria”.
– Snow Patrol distribuiu camisinhas promocionais para o single “100 Things You Should Have Done in Bed”.
– O nome da modelo na capa de “Final Straw” é Naomi Campbell – um estudante de Artes da Universidade de Dundee, e não A Naomi Campbell.
– Foi lançada um edição especial em vinil do single de “Chocolate” na cor… chocolate!
“Get the Balsamic Vinegar… Quick You Fool” foi escrita para uma colega de quarto do Gary na faculdade que era insuportável. Gary disse: “Não gosto de dizer isso… ela era uma escrota. Era mesmo. Era uma mulher dos infernos. A música termina dizendo ‘você é uma vaca maluca fudida’, e ela era mesmo. A música foi escrita numa fase da minha vida em que eu tinha muita raiva de tudo. Não tenho mais. […] Mas na época eu estava pronto pra brigar com qualquer um que mexesse comigo. Não fisicamente, pois era uma mulher. Eu brigaria com palavras. Mas sim, ela era um pesadelo.” Veja a letra da música.

Leia mais

set,
5
2009
Entrevista com o Gary

Gary LightbodyGary fala com Vanita Salisbury sobre alcoolismo, intimidade, superstição, Michael Jackson e mais.
[Entrevista meio antiguinha, de 28 de dezembro de 2008, mas não tem nada datado. Tá bem atual e interessante.]

O bar no subsolo no Bowery Ballroom estava deserto na 2ª feira passada, com exceção de uma cabine de uma estação de rádio, um bartender, e a pessoas responsável pela lista de convidados. Todas as atenções estavam voltadas para o andar de cima – na lateral no palco, em frestas e se apinhando nas entradas para o show esgotado do Snow Patrol. Na sacada estava o DJ Matt Pinfield, o apresentador da noite, que introduziu a banda dizendo que considera os álbuns como “a trilha sonora de nossas vidas”. Não sei porque achei isso tão espantoso. O álbum anterior da banda, “Eyes Open”, foi o mais vendido no Reino Unido em 2006, e o single “Chasing Cars” ficou nas paradas britânicas por 85 semanas. Eles abriram shows pro U2, tocam em arenas, e o cover de “Run” de Leona Lewis atingiu o 1º lugar das paradas britânicas. Mas ainda não vimos fãs descontrolados nos EUA.
Aqui a banda é mais famosa por baladas do que pelo seu rock. Talvez seu 5º álbum, “A Hundred Million Suns”, possa mudar essa noção e talvez ainda ganhem novos fãs. Mas como o vocalista Gary Lightbody disse, “sucesso, pra gente, não tem a ver com venda de CDs, é quando você chega pra fazer um show e o lugar está cheio”. A julgar pelo show da semana passada no Bowery Ballroom, os considere de sucesso. O vocalista sentou comigo no início da semana para conversar sobre o último álbum e foi gentil o suficiente em não me chutar pra fora quando o botei na berlinda com nosso irreverente Pop Quiz.

Leia mais

set,
5
2009
Novos álbum e single

Entrevista que o Gary deu no V Festival, legendada em português. =)

PS: “Just Say Yes” é a música que o Gary escreveu para a álbum solo da Nicole Scherzinger, das Pussycat Dolls, que foi engavetado. As PCD gravaram a música, mas ela nunca foi lançada. Veja a letra aqui.

Leia mais

set,
4
2009
Entrevista para a HOTPRESS

Uma alma caridosa transcreveu o trecho de uma entrevista que o Gary deu para a HOTPRESS. Veja abaixo:

Gary LightbodyReworked tour:
Terão cerca de 18 a 20 pessoas no palco conosco, que é o máximo que já tivemos. Na verdade, menti, já nos apresentamos com um coral de crianças uma vez, mas isso é meio que trapaça.

Quem deu a idéia do conceito de ‘reworked’ (‘re-trabalhada’)?
Eu adoraria levar o crédito, mas na verdade veio de uma das sessões de “Little Noise” de Jo Whiley, em prol da caridade Mencap. Tinha uma vibe meio que “como você nunca viu”, nós desconstruímos as músicas e as construímos de novo usando instrumentos que não nos eram familiares, como órgão, cordas, sopro, glockenspieel. Foi muito divertido, então pensamos “vamos desenvolver isso e levar pra estrada”.

Leia mais

set,
4
2009
Gary falando sobre a Lisa Hannigan

Gary dando seu depoimento do porque a Lisa Hannigan deveria ganhar o prêmio Mercury. Veja aqui.
[não quer incorporar, vai o link, mesmo]

Tradução:
Acho que a primeira vez que prestei atenção na voz da Lisa foi no Witness Festival, que acabou virando o Oxegen Festival. Ela cantava com o Damien Rice na época. Sua voz é mágica, e ela cantando com o Damien é maravilhoso.
Obviamente o Damien é uma estrela, e pra muitas pessoas seria difícil sair da sombra dele, mas acho que ela é extraordinária, sua voz é incrível, suas letras são incríveis. Ela não é mais a “ex-parceira musical” de ninguém, ela é ela mesma.

Leia mais

set,
4
2009
Late Night Tales: Snow Patrol

Um vídeo com amostras das músicas que estarão na coletânea “Late Night Tales: Snow Patrol” feita por Gary Lightbody e Tom Simpson [inclusive um trechinho de “New Sensation”, cover do INXS feito pelo Snow Patrol].
O EP será lançado no dia 28 de setembro.
Leia mais sobre ela aqui.

set,
4
2009
Nova colaboração do Gary

Saiu a nova música da colaboração do Gary Lightbody com o DJ Cut La Roc, “Mishka”. Ela está disponível para ser ouvida no MySpace do DJ.
Clique aqui para ouvir.

set,
4
2009
Gary para a “Q the Music” – semana 15

E vamos a Dublin. Um dos meus lugares preferidos no mundo e um Paraíso feliz de música para a eternidade. E nunca para, não é? Vamos dar as boas vindas ao Villagers. Eles deixarão a vida melhor.
Villagers na verdade é só um homem: Conor J. O’Brien, ex-membro do The Immediate, que também eram maravilhosos. Porém, há algo impressionante e eterno em relação ao Villagers, que nós vemos tão pouco, e por isso acaba se destacando. O mundo é do O’Brien, se ele quiser.
Mas talvez ele não queira, já que sua incomum combinação de sutileza e honestidade o mantêm escrevendo para os marginalizados, ao invés de para o público em geral. Acho que, aonde quer que ele vá, ele fará algo extraordinário. Ainda não existe um álbum, então o único jeito de ouvir seu trabalho é no MySpace e sites do tipo. Há também uma boa coleção de vídeo ao vivo de alguns de seus shows em Dublin, em lugares como Crawdaddy e Whelans.

Leia mais

Nosso Twitter
Nosso Facebook
Tuites da banda