Snow Patrol Brasil » Gary para a Q the Music
jul,
15
2012
Download de fotos em HQ

O fotógrafo Peter Neill está disponibilizando em seu Facebook download em alta qualidade de algumas de suas fotos, inclusive duas do Snow Patrol.
Ele disponibilizará outra leva quando chegar a 500 downloads, então não deixem de passar no post original (aqui) e agradecer pelas fotos (e até pedir mais fotos do Snow Patrol!).
Confira a seguir quais as fotos ele disponibilizou dessa vez, e faça o download dos arquivos:

Leia mais

dez,
22
2009
Gary para a “Q the Music” – semana 21

Bem, chegou o momento de falar das coisas que fizeram o ano especial e apesar de eu não apelar para uma lista, passarei as próximas semanas aqui me concentrando num álbum do ano, a cada semana.
O primeiro é um álbum tão misterioso, pecadoramente bonito e simplesmente pecador, que parece que é de uma outro período. Não antigo, mas paralelo. De uma outra época paralela à nossa. A safada obra prima Two Dancers do Wild Beasts é de uma beleza indiscutível, senão imoral, e de um charme que eu não deixaria minha irmã ou uma prima se aproximar a menos de um quilômetro dele, caso ele resolvesse cortejá-la.

Leia mais

nov,
15
2009
Gary para a “Q the Music” – semana 20

Ok, esse está meio atrasado, mas enfim. Volta e meia fico mais inclinado a escrever uma coluna sobre uma música, ao invés de um álbum, e aqui está outra dessas – apesar de o álbum também ser ótimo.
Biffy Clyro deve ser a banda de maior sucesso sobre a qual já escrevi, mas preciso dividir isso com vocês.
Biffy já está nesse meio há um bom tempo, talvez até a mais tempo do que a gente. E há muito tempo ele faz música para poucos devotos e barulhentos fãs (novamente, que nem a gente). Há anos que eles merecem vender mais do que venderam, e nos últimos anos eles começaram a receber o que mereciam. Eles são uma das minhas bandas favoritas há muito tempo e sempre me surpreendem com sua suprema intensidade e pouco esforço, e às vezes um modo etéreo de melodia. É raro uma banda monstruosa assim ter um toque melódico tão rápido.

Leia mais

nov,
7
2009
Gary para a “Q the Music” – semana 19

Uma das principais razões de eu odiar o Twitter é que o limite de caracteres degenera a linguagem e essas abreviações acham um caminho para conversas na vida real. Alguém, que permanecerá sem identificação, realmente disse LOL [NT: abreviação para “laugh out loud”, o nosso “rialto”, hahahaha] para mim outro dia, ao invés de se render à risada que, depois do choro, é a compulsão humana mais natural.
Talvez essa seja uma batalha perdida, pois já foi longe demais, e talvez eu apenas esteja sendo um velho. Além do que, o Stephen Fry twitta e ele é Deus perante meus olhos, mas não consigo me render a isso.
Uma abreviação da qual eu gosto é WTF [NT: “what the fuck”, algo do tipo “mas que diabos”], e pra ser sincero, ela é perfeita para descrever o meu álbum da semana: “Alopecia”, do Why?.

Leia mais

out,
13
2009
Gary para a “Q the Music” – semana 18

Andando por Portland hoje (dia de folga hoje e show amanhã) eu tive 2 companhias. Na primeira metade, nosso tecladista e uma ótima pessoa Tom Simpson passou as primeiras 3 horas me acompanhando e me fazendo rir. Nas 3 horas seguintes de um dia de maratona de caminhada, o iPod entrou em ação e Sarah Assbring, conhecida como El Perro Del Mar (significa cachorro do mar, mas não tenho certeza a que isso se refere. Mal pesquisado, você diz? Como sempre, eu digo) e eu passamos 3 encantadoras horas juntos.
Seu mais recente trabalho “Love is Not Pop” não me é tão familiar, já que acabei de botar minhas mãos nele, mas é adorável. Porém, seus dois primeiros álbuns se tornaram comida musical para mim e preciso deles 3 vezes por dia, pelo menos. Faço lanche deles, também.

Leia mais

set,
30
2009
Gary para a “Q the Music” – semana 17

Parei de escrever essa coluna por algumas semanas quando as coisas, por um motivo ou por outro, ficaram meio caóticas. Abuso de drogas, você diz? Claro, por que não? Bem, estou de volta. E para a alegria de todos, tenho certeza. Ou, sei lá, para darem de ombros.
Não quero que esse artigo seja de modo algum bairrista, mas as últimas duas bandas/artista foram irlandesas: Dublin e Belfast e, me bata com uma cópia enrolada do TV Times, mas essa semana vou de irlandês de novo, uma banda de Lurgan, no condado de Armagh. Na próxima semana abro minhas asas e vôo a algum lugar fora da Irlanda, mas, afinal de contas, é o 250º aniversário da cerveja Guinness (evento que está sendo celebrado nos EUA, onde estamos agora, tanto quanto seria celebrado em casa. Bem, talvez não com tantos bêbados, mas pelo menos os cartazes estão nas ruas). Então vamos a Lurgan e Cat Malojian.

Leia mais

set,
10
2009
Gary para a “Q the Music” – semana 16

Nesses últimos 7 dias estivem compondo e gravando nas montanhas acima de LA na nova casa de Garret (Jacknife) Lee, no meio de pumas, coiotes, cobras e viúvas-negras.
Sério, a gente achou uma viúva-negra outro dia e tiveram que matá-la. Desculpe se alguém se ofende com isso, mas têm crianças por aqui e o veneno de uma dessas pode matar uma criança pequena. Mas são criaturas incríveis. E filhas da mãe. Enfim, meus pensamentos se voltaram ao meu lar por algum motivo. Talvez porque a única coisa que poderia me matar lá seria uma desventura na cidade num sábado à noite.

Leia mais

set,
4
2009
Gary para a “Q the Music” – semana 15

E vamos a Dublin. Um dos meus lugares preferidos no mundo e um Paraíso feliz de música para a eternidade. E nunca para, não é? Vamos dar as boas vindas ao Villagers. Eles deixarão a vida melhor.
Villagers na verdade é só um homem: Conor J. O’Brien, ex-membro do The Immediate, que também eram maravilhosos. Porém, há algo impressionante e eterno em relação ao Villagers, que nós vemos tão pouco, e por isso acaba se destacando. O mundo é do O’Brien, se ele quiser.
Mas talvez ele não queira, já que sua incomum combinação de sutileza e honestidade o mantêm escrevendo para os marginalizados, ao invés de para o público em geral. Acho que, aonde quer que ele vá, ele fará algo extraordinário. Ainda não existe um álbum, então o único jeito de ouvir seu trabalho é no MySpace e sites do tipo. Há também uma boa coleção de vídeo ao vivo de alguns de seus shows em Dublin, em lugares como Crawdaddy e Whelans.

Leia mais

Nosso Twitter
Nosso Facebook
Tuites da banda