Snow Patrol Brasil » [Resenha] Snow Patrol no Rio de Janeiro (09/10/12)
out,
15
2012
[Resenha] Snow Patrol no Rio de Janeiro (09/10/12)

Na noite dessa última terça-feira (9), os irlandeses do Snow Patrol voltaram ao Rio de Janeiro, um ano depois de sua participação na quarta edição do Rock in Rio, para se apresentar no Citibank Hall, na Barra da Tijuca.
Apesar da popularidade da banda no Brasil ainda não ter atingido um número significativo, os fãs da banda compensaram os “buracos” na plateia com muito entusiasmo e barulho.
A abertura do show do Snow Patrol ficou por conta da banda de Cuiabá Vanguart. O vocalista Helio Flanders e cia abriram a noite pouco depois de o relógio marcar 20h30, quando a casa de shows ainda estava muito vazia. A banda, acompanhada também da violinista Fernanda Kostchak, apresentou sua mistura de indie e folk rock em faixas como “Antes que Eu me Esqueça”, “Cachaça” e “Semáforo”, por cerca de meia hora.
Depois de conferir a interessante musicalidade do Vanguart, o público precisou esperar mais 40 minutos até as luzes do Citibank Hall finalmente se apagarem para que o Snow Patrol começasse o seu show. Então, às 21h50, Gary Lightbody (vocal), Nathan Connolly (guitarra), Paul Wilson (baixo), Tom Simpson (teclado) e Jonny Quinn (bateria) entraram no palco tocando “Hands Open”, para a alegria de seus fiéis fãs.
Enquanto a banda empolgava o público carioca com hits como “Take Back the City”, “Crack the Shutters” e “This Isn’t Everything You Are”, os fãs exibiam corações de cartolinas e cartazes com mensagens carinhosas para a banda.
Em um determinado momento, ainda na parte inicial do show, o extremamente carismástico vocalista do grupo se apoderou de uma bandeira do Brasil, que estava com um fã próximo à grade, e se enrolou na mesma para delírio da plateia.
Destaque absoluto da apresentação, Lightbody conquistou a plateia do início ao fim com sua simpatia e bom humor. Desde o momento em que quase se jogou para os fãs, e na volta ao palco o cantor disse que tinham passado a mão em todas as partes dele e também agradeceu por não terem pegado nas suas “partes íntimas”, até o instante em que descobriu na plateia a menina que havia enviado cupcakes para a banda e elogiou o talento culinário da fã. Adoramos o seu cupcake, estava uma delícia. Se alguém quiser um já sabe a quem procurar, brincou o vocalista.
Lightbody atraía toda a atenção e risadas dos fãs para si e eles adoravam. Musicalmente, o Snow Patrol também representava bem o seu papel e desfilava sucessos para o público.
Os fãs vibravam e cantavam com dedicação “Run”, “New York”, “You Could Be Happy” e “Shut Your Eyes”. Já em “Chasing Cars” a plateia se emocionou, e acompanhou a letra, numa intensidade que ainda não tinha sido percebida na noite. E o coro dos fãs parecia arrepiar também toda a banda. Tanto que Lightbody deixou boa parte da letra ser cantada pela plateia. Só restou ao vocalista soltar um “beautiful” ao final da canção (lindo, em português).
“Called Out In The Dark” e “Fallen Empires” deram continuidade ao show e mantiveram a animação do publico. Logo em seguida era vez do Snow Patrol tocar a sua faixa mais conhecida na carreira: “Open Your Eyes”. Muito conhecida ao redor do globo por sua execução em diversas séries de TV, o hit, como não poderia deixar de ser, marcou o ponto mais alto da noite. De novo Lightbody jogou para a plateia e se deu bem.
Para fechar o set list, antes do bis, por volta de 23h15, a banda apresentou “You’re All I Have” e fez a escolha certa para deixar os fãs ávidos pelo retorno do grupo.
Alguns minutos depois, o Snow Patrol voltou ao palco do Citibank Hall para encerrar sua segunda passagem pelo Rio de Janeiro, após quase 1h40 de show. Primeiro, o grupo emocionou os fãs pela última vez com “Lifening”, e depois botou todo mundo para pular com a positiva “Just Say Yes”. Sob fortes aplausos e gritos da plateia, o Snow Patrol saiu de cena deixando feliz e satisfeito seu público, que merece ser um tanto maior numa próxima vez.

Set list:
01. “Hands Open”
02. “Take Back The City”
03. “Crack The Shutters”
04. “This Isn’t Everything You Are”
05. “Run”
06. “In The End”
07. “New York”
08. “Set The Fire To The Third Bar”
09. “You Could Be Happy”
10. “Make This Go On Forever”
11. “Shut Your Eyes”
12. “Chocolate”
13. “Chasing Cars”
14. “Called Out In The Dark”
15. “Fallen Empires”
16. “Open Your Eyes”
17. “You’re All I Have”
Bis:
18. “Lifening”
19. “Just Say Yes”

Veja fotos no TMDQA.

Tenho Mais Discos Que Amigos

  • 16.10.2012 às 13:22 | Valéria:

    To adorando ler essas resenhas! Dessa vez, só li uma negativa, com certeza alguém q nem foi ao show. E to mto feliz em ter feito parte de tudo isso! Q eles voltem sempre!


Comente:



Nosso Twitter
Nosso Facebook
Tuites da banda