Snow Patrol Brasil » Pienso Música ao vivo: Snow Patrol, Buenos Aires – 28 de setembro de 2011
set,
29
2011
Pienso Música ao vivo: Snow Patrol, Buenos Aires – 28 de setembro de 2011
Por: • Sem categoria •

Há muitos anos esperava do momento, e quando perdi um show do Snow Patrol na Cidade do México em março de 2007, prometi a mim mesma que não perderia a próxima oportunidade. Desta vez eu os vi, senti e aproveitei e tenho certeza de que peguei os britânicos numa época melhor do que a quatro anos e seis meses atrás.
Gary Lightbody e o resto da banda, vieram pela primeira vez para a Argentina como parte do Pepsi Music, trazendo muitos dos sucessos e um monte de músicas novas.
Com alguns minutos de atraso – produto do atraso do festival inteiro – a banda subiu ao palco principal depois do show de Primal Scream e, após umas breve saudação, começaram uma longa jornada com “Open Your Eyes”, canção muitas vezes usada para iniciar seus shows. Notas de guitarra foram acompanhadas por uma clara e poderosa voz de Lightbody, que provou ser uma excelente cantor e líder carismático.
Sem perder muito tempo, a banda entregou-se à segunda música do set, a favorita “Chocolate”, single de Final Straw em 2004. Durante essa canção, e antes de iniciar a seguinte, Lightbody começou a flertar com o público, com grandes doses de humor e simplicidade absoluta. Ouvia-se gritos de “Gary, I love you” (“Gary, eu te amo”) a qual o cantor respondeu (em inglês, é claro) “você não me conhece, como você pode me amar?”, antes de dedicar a próxima música a esta pessoa desconhecida que berrou no escuro. “Hands Open”, a 2ª de sete músicas do bem sucedido Eyes Open, foi o próximo número – e, depois de três músicas, os europeus haviam conquistado os completamente desarmados latinos, que sem resistência algum entregavam-se a seu ritmo.
Depois de revisitar sucesso antigos, a banda apresentou o single atual, o electro/pop “Called Out In The Dark”, um dos números mais esperados para ouvir no show e, ouso dizer, que foi de total agrado a aqueles que não o haviam ouvido. Esta música talvez sirva como uma prévia do som futuro da banda: mais sintetizadores e teclados.
“Run”, a canção que projetou o Snow Patrol há sete anos, foi a música seguinte, com milhares de participantes – não me atrevo a dar um número exato, com o campo aberto e as enormes lacunas na seção VIP – cantando “light up, light up, as if you have a choice”. Quando terminou, o cantor falou sobre o disco novo e, de uma forma divertida, pediu permissão para apresentar uma nova mmúsica ao público. O acordo não poderia ter sido melhor, e a banda apresentou um número suave e emotivo chamado “New York” com um emocionado Lightbody no final dizendo que se tivesse vindo antes a esta cidade, a canção teria sido intitulada “Buenos Aires”.
Dois singles de Eyes Open seguiram no set: “Shut Your Eyes” e a famosíssima “Chasing Cars”, a música mais aclamada e cantada da noite (podia-se ver gente na área VIP indo embora após ouvir esta música). Com o público completamente no bolso, o Snow Patrol se permite tocar outra música nova, novamente suave e cheia de sentimento: “This Isn’t Everything You Are”, o segundo single do próximo álbum, que teve seu clipe gravado na cidade. O sexto álbum parece vir com tudo, mas teremos que esperar um pouco mais de um mês para apreciar Fallen Empires.
Eu gosto de bandas que têm fé em seu novo material e se animam a balancear – e arriscar – um show com músicas desconhecidas.
As músicas seguintes foram intercaladas entre Eyes Open e A Hundred Million Suns, com uma leva de canções não tão conhecidas, como “Make This Go On Forever”, “If There’s a Rocket Tie Me To It” e “Set The Fire To The Third Bar” (esta última, originalmente um dueto com Martha Wainwright), e outras mais famosas, como “Take Back The City” – dedicada a Belfast, cidade natal de Lightbody e outros membros da banda -, a suave “Crack The Shutters” e “You’re All I Have”, ponto alto da noite, com fãs pulando e cantando “give me a chance to hold on”. Com essas 15 músicas espalhadas por quase 90 minutos, os europeus tinham feito seu trabalho e deixaram o palco principal do GEBA.
O “olé, olé, olé” – particularmente no setor do campo mais distante – ecoou em todo o estádio e trouxe a banda de volta ao palco que, com 7 integrantes, fez uma versão incendiária da música-título do novo disco a ser lançado em 11 de novembro. Era como assistir o início de um novo concerto, com luzes e som prontos para o começo do show e os músicos dispostos a tomar o palco como da primeira vez; “Fallen Empires” com certeza servirá como abertura em shows futuros, por sua energia e ritmo. Já como encerramento da noite, “Just Say Yes” – aquela música nova da compilação Up to Now de 2009, fecha com chave de ouro um show muito redondo, muito sentimental, muito variado e muito sincero.
Fiquei surpreso com as pessoas que sabiam as letras da maioria das músicas (pelo menos no lugar onde estava) e fiquei satisfeito em saber que há muitas pessoas que compartilham do fanatismo por esses norte-irlandeses.
Melhor estreia por estas terras, eu acho difícil. O Snow Patrol mais do que cumpriu as expectativas em uma noite memorável e quente de setembro, e deixou as sementes plantadas para um show no futuro – esperamos que em breve – provavelmente em um espaço para apenas eles (e sem área VIP, por favor!).

Pienso Musica

  • 29.09.2011 às 19:19 | Nanda:

    É de chorar uma coisa dessas. 🙁 Eu tbm espero um show futuro e só deles e na Argentina.

  • 29.09.2011 às 20:12 | janaina:

    Pelo visto… nesta quarta feira tivemos Argentina 10 X Brasil 0.

  • 29.09.2011 às 22:27 | Gaby:

    NÉ???? =/

  • 29.09.2011 às 21:01 | Diogo:

    É inacreditável a tamanha diferença…

  • 30.09.2011 às 00:01 | Tania:

    Ainda continuo achando que a escalação do dia no RIR foi errada .
    Teria sido bem melhor se fosse no mesmo dia do Coldplay .
    Ahhhnnnn , ainda por cima teve bis ..sick !


Comente:



Nosso Twitter
Nosso Facebook
Tuites da banda