Snow Patrol Brasil » Resenha: shows em LA [19 e 20.10.09]
out,
28
2009
Resenha: shows em LA [19 e 20.10.09]

Snow Patrol @ WilternA banda irlandesa baseada na Escócia Snow Patrol voltou a Los Angeles recentemente com dois shows que mostrou a banda equilibrando seu sucesso comercial com uma ainda crescente visão artística. E é assim que deve ser.
O show no lugar menor, o Fonda Theatre, em Hollywood, foi o primeiro – originalmente também marcado para o Wiltern, mas transferido para a casa quase do mesmo tamanho, com aspecto de clube.
O cantor Gary Lightbody agora está mais confortável em se apresentar, menos estranho, trabalhando mais o palco e tocando mais para a platéia do que no passado. Na verdade, sua voz estava forte e sua presença de palco é bem marcante, especialmente aquele papo típico de irlandês, que entreteve os fãs leais – de várias idades, mas na sua maioria na casa dos 30 – entre as músicas.
Não há estrelas aqui, e a banca não sucumbiu nem um pouco à fama, aleluia.
Esse é um show para se usar jeans e camiseta, concentrado na música e nas faixas bem trabalhadas – totalmente despretensioso. O Snow Patrol cambia bem de baladas a introspecções e é multidimensional, também capaz de lançar variações de sucessos que nunca soam óbvias.
Apesar de terem usado telão com imagens, isso nunca destoou do set, que correu otimamente com os últimos álbuns, incluindo “If There’s a Rocket, Tie me to it”, o riff-rock “Hands Open”, a empolgante “Shut Your Eyes”, e o grande sucesso impulsionado por Grey’s Anatomy “Chasing Cars”.
O ponto alto, com certeza, foi a linda balada “Run”, que sempre agrada a platéia e faz todos cantarem junto, dedicada ao produtor irlandês Garrett “Jacknife” Lee, que recentemente se mudou pra L.A.. Lightbody disse que a banda devia seu sucesso a ele, e a música foi um belo tributo – Lightbody na guitarra até que a banda toda se juntasse no último refrão.
O grupo também tocou uma música nova, “Just Say Yes”, que estará no álbum de compilação “Up to Now”, a ser lançado em novembro, e que também conta com outras duas músicas inéditas, junto com faixas ao vivo e que não entraram em álbuns anteriores.
O show no Wiltern na noite seguinte foi similar, apesar de não ter sido tão íntimo quanto o no Fonda. A adição de Troy Stewart na guitarra, em algumas músicas, bem como do baterista do Belle & Sebastian Richard Colburn, deram mais destaque ao som.
Um pensamento que passou por alguns fãs do U2 que também gostam de Snow Patrol foi “Se eles terminaram a turnê em LA na 3ª, porque tivemos que aturar o Black Eyed Peas no Rose Bowl?”. O Snow Patrol é muito mais talentoso e atraente para fãs do U2 do que o BEP jamais será, mas falaremos mais sobre isso em outra resenha.

Buzzine


Comente:



Nosso Twitter
Nosso Facebook
Tuites da banda