Snow Patrol Brasil » Gary para a “Q the Music” – semana 15
set,
4
2009
Gary para a “Q the Music” – semana 15

E vamos a Dublin. Um dos meus lugares preferidos no mundo e um Paraíso feliz de música para a eternidade. E nunca para, não é? Vamos dar as boas vindas ao Villagers. Eles deixarão a vida melhor.
Villagers na verdade é só um homem: Conor J. O’Brien, ex-membro do The Immediate, que também eram maravilhosos. Porém, há algo impressionante e eterno em relação ao Villagers, que nós vemos tão pouco, e por isso acaba se destacando. O mundo é do O’Brien, se ele quiser.
Mas talvez ele não queira, já que sua incomum combinação de sutileza e honestidade o mantêm escrevendo para os marginalizados, ao invés de para o público em geral. Acho que, aonde quer que ele vá, ele fará algo extraordinário. Ainda não existe um álbum, então o único jeito de ouvir seu trabalho é no MySpace e sites do tipo. Há também uma boa coleção de vídeo ao vivo de alguns de seus shows em Dublin, em lugares como Crawdaddy e Whelans.
Mas antes de mais nada, confira “The Meaning of the Ritual”. É maravilhoso. Mas também é brutal. “Meu amor é egoísta e aposto que o seu também é. O que é essa palavra peculiar chamada ‘verdade’?” é o primeiro verso. Ele continua com “meu amor é egoísta, ele se lembra de tudo, como a primeira vez em que se comoveu o suficiente a ponto de cantar. Como ele ficou pendurado naquele palco como um cachorrinho numa coleira.” É assustador o quanto esse cara é bom.
Tem um EP chamado Hollow Kind, mas teve apenas umas 500 cópias, então é raridade. Se você por acaso tiver uma cópia, eu diria que, em alguns anos, irá valer muito. Não que isso importe para um verdadeiro fã de música. O negócio é que as ações desse cara vão subir, e bem rápido, boto minha mão no fogo.
Sua voz tem uma ternura que me assombra na medida certa e suas palavras são vitais e sábias. Apesar de seu rosto angelical sugerir que não há um arranhão nele, quando ele canta (em “Pieces”) “há muito, muito tempo estou em pedaços” você acredita, pois suas palavras o rasgam como fogo. E é aí que reside a grandiosidade, na dualidade. Deus e o Diabo se pegando bem na sua frente. Então, Conor O’Brien. Um novo gênio. São se surpreenda se dessa vez isso acontecer bem rápido.

MySpace do Villagers.

‘The Meaning of the Ritual’ by Villagers- a video by Conor

Q the Music


Comente:



Nosso Twitter
Nosso Facebook
Tuites da banda