Snow Patrol Brasil
maio,
20
2016
The Ivor Novello Awards 2016

Nos últimos dias saíram muitas fotos nas redes sociais e artigos de jornais sobre um prêmio da música britânica, The Ivors. Gary, JMD e JQ (com Polar Patrol) foram indicados na categoria “Melhor música em termos de harmonia e letra”.

Um pouco sobre a premiação:

O prêmio Ivor Novello celebra, honra e recompensa a excelência em composição britânica e irlandesa.

Os Ivors é organizado pela BASCA,  é uma organização sem fins lucrativos que representa os compositores britânicos.

Reconhecido como um dos mais prestigiados prêmios para os criadores de música, o Ivors reconhece os autores de obras individuais lançadas no Reino Unido durante o ano de atribuição e os compositores que tiveram impacto na música Britânica.

O 61º Ivor Novello Awards aconteceu na quinta-feira 19 de maio de 2016 no Grosvenor House, Londres.

Algumas regras da categoria “Melhor música em termos de harmonia e letra”:

As entradas são julgados com particular referência à melodia, letras, harmonia e estrutura.

Para ser elegível a música deve ter aparecido em ambos  The Official UK Top 75 Singles Chart ou como uma faixa em uma entrada em The Official UK Top 75 Albums Chart durante o ano, até  em 31 de Dezembro de 2015.

Nossos Gary Lightbody e Johnny McDaid foram indicados juntamente com Piers Aggett, Kesi Dryden, Amir Izadkhah, Leon Rolle e Ed Sheeran na categoria “Melhor música em termos de harmonia e letra” pela contribuição na letra de “Bloodstream”. Interpretada por Ed Sheeran e Rudimental e publicada no Reino Unido por Ed Sheeran Limited – Sony/ATV Music Publishing, Universal Music Publishing e  Polar Patrol Publishing.

Mesmo lançada há quase dois anos, “Bloodstream” ainda faz sucesso :) Infelizmente não ganharam, mas o produtor do Snow Patrol,Iain Archer, ganhou “Prêmio PRS pela música mais interpretada” nesse Ivors com a música “Hold Back The River” escrito juntamente com James Bay e Publicado no Reino Unido pela Kobalt Music Publishing e Spirit B-Unique Music.

Fonte :TheIvorsIndependent.co.ukBloodstream

Mas não temos motivos para tristezas, as fotos do evento são ótimas! Gary, JQ, JMD e Nate compareceram.

The lads (minus Pabs, love you Pabs) after the #ivornovello awards. Awards that start at midday. What are they trying to do to us!

Uma foto publicada por Gary Lightbody (@garysnowpatrol) em

One of my favourite people in the world just won an #ivornovello award! The awesome Iain Archer. Legend!x

Uma foto publicada por Gary Lightbody (@garysnowpatrol) em

No photos! @nathanjamesconnolly.

Uma foto publicada por Gary Lightbody (@garysnowpatrol) em

jan,
16
2016
Vídeo: Snow Patrol manda mensagem ao astronauta Tim Peake
Por: Comentecuriosidades

Os membros do Snow Patrol mandaram uma mensagem de boa sorte ao astronauta Tim Peake, que partiu em uma missão espacial de 5 meses em 15 de dezembro de 2015.
Assistam:

 
Em contrapartida, Tim escolheu a música "If There's a Rocket, Tie Me To It" como seu primeiro "Rock Espacial":

jan,
16
2016
Snow Patrol será homenageado no Oscar Wilde Awards
Por: Comentenotícias

O Snow Patrol se apresentará e será homenageado no Oscar Wilde Awards.

A banda, que tem origens na Irlanda do Norte, se apresentará dia 25 de fevereiro no evento que acontecerá em Santa Monica, na Califórina (EUA). A cantora irlandesa Roisin O também se apresentará. Já o ator e apresentador James Corden será o homenageado com o prêmio Honorary Irishman (Irlandês Honorário).

O Oscar Wilde Awards homenageia artistas irlandeses nos Estados Unidos, e é realizado pela U.S.-Ireland Alliance. "Esperamos uma forte presença de irlandeses em LA este ano," disse Trina Vargo, fundadora e presidente da Alliance. "Há muito burburinho de Oscar em torno de 'Room' e 'Brooklyn'.

"Room," estralado por Brie Larson e Jacob Tremblay, é baseado no livro de Emma Donoghue e foi dirigido por Lenny Abrahamson - ambos irlandeses. "Já "Brooklyn," baseado no romance de Colm Toibin, tem direção do irlandês John Crowley e é estrelado por Emory Cohen e pelos irlandeses Domhnall Gleeson e Saoirse Ronan - que por sua vez também já foi homenageada com um Oscar Wilde Award.

- Variety

ago,
3
2015
[VÍDEOS] Turnê solo do Gary pelos EUA: Show em São Francisco

Dando continuidade à turnê solo de Gary nos EUA, confiram alguns vídeos do show dele em São Francisco ontem, 2 de agosto, também compartilhados por Rachel Peterson.

ago,
3
2015
[VÍDEOS] Turnê solo do Gary pelos EUA: Show em Portland

Gary segue em sua turnê pela Costa Leste dos EUA, e a Rachel Peterson continua publicando vários vídeos dos shows em seu YouTube. Confiram as músicas tocadas em Portland, no dia 30 de julho.

Thanks again, Rachel!

jul,
30
2015
[VÍDEOS] Turnê solo do Gary pelos EUA: Show em Seattle

Ontem, dia 29 de julho, começou a série de shows solo do Gary pelos EUA. Ele toca uma mistura de músicas do Snow Patrol e do Tired Pony, além de covers – nesse primeiro show, ele tocou “Two-Step,” do Low (erroneamente intitulado “The Golden Floor” num dos vídeos abaixo).

Para nós que não pudemos ir, existem vídeos no Youtube. Esses foram gravados por Rachel Peterson! Thanks a lot, Rachel!

jul,
8
2015
Gary fará turnê solo pela Costa Leste dos EUA

Anunciado no site oficial da banda:

Temos o prazer de anunciar que Gary fará uma pequena sequência de shows solo em locais pequenos durante esse verão pela Costa Leste dos Estados Unidos.

Ingressos para os show, que acontecerão em julho e agosto, irão à venda dia 10 de julho, às 22h local.

29 Jul - Seattle, WA - Sodo Lounge
30 Jul - Portland, OR - Star Theater
2 Ago - San Francisco, CA - Swedish American Hall
4 Ago - Santa Cruz, CA - Don Quixote's Music Hall
5 Ago - Napa, CA - City Winery
8 Ago - Los Angeles, CA - Largo

jun,
12
2015
Gary treina com a seleção da Irlanda do Norte

O líder do Snow Patrol Gary Lightbody trocou as paradas de sucesso por gols no Windsor Park, quando participou dos treinos da seleção de futebol da Irlanda do Norte.

A estrela se apresentou junto com a equipe nessa 5ª feira, para a preparação para o jogo crucial contra a Romênia, pelas classificatórias da Euro 2016. Depois, ele descreveu a experiência como uma das melhores de sua vida.

O rockeiro, nascido em Bangor, disse: "Tive um dos melhores dias de todos, um dos melhores da minha vida. Um sonho de infância se realizou. Treinei com a Irlanda do Norte hoje - foi simplesmente incrível.

"Juntei-me a eles após meu café da manhã no hotel, subi no ônibus com eles a caminho de Winsor, toquei no Windsor Park e agora joguei bola com os rapazes. Isso era algo com o qual eu sonhava desde pequeno."

Lightbody torce por uma vitória no sábado, que ele diz que seria o presente de aniversário de 39 anos perfeito. Mas ele descartou um lugar no banco depois do treino de ontem. Ele disse à BBC: "Não se preocupem, não há chances de eu jogar pela Irlanda do Norte."

Sobre como a experiência veio a acontecer, ele contou: "Venho jogando muito futebol em Los Angeles, e em um dos jogos, o técnico da Irlanda do Norte foi convidado por um dos meus amigos de jogo. Depois, ele me perguntou se eu gostaria de me juntar a eles e treinar, caso Michael não se importasse. E Michael O'Neill - o supervisor do time - disse, 'sim, tudo bem' e aqui estou. Eu estava empolgadíssimo.

"Participei de algumas jogadas ensaiadas e fiz alguns gols no Windsor Park, o que foi ótimo."

Em abril, o Belfast Live revelou que o Snow Patrol fez um álbum em homenagem aos heróis da Irlanda do Norte na Copa do Mundo. Quando souberam que estavam fazendo um filme sobre as peripécias da seleção nacional na Copa de 86, eles contrataram os responsáveis pelo filme, pedindo para participar da trilha sonora. O Snow Patrol vem trabalhando ao lado de outras bandas norte-irlandesas, incluindo The Wonder Villains e A Plastic Rose, para produzir a trilha sonora de "Shooting For Socrates".

Confiram um vídeo de Gary se apresentando para a seleção, e, abaixo, algumas fotos do treino que ele postou em seu Instagram:

 

Training today with the Northern Ireland squad. Me, with the chicken legs, in the middle beside big Kyle.

Uma foto publicada por Gary Lightbody (@garysnowpatrol) em

Got to train with the Northern Ireland team today. One of my best days on planet earth. Still buzzing from it. Thank you lads!

Uma foto publicada por Gary Lightbody (@garysnowpatrol) em

Me and the gaffer. Thank you Michael O'Neill for inviting me to training today. It was a day I'll never forget. Mon Norn Iron!

Uma foto publicada por Gary Lightbody (@garysnowpatrol) em

Me and two Norn Iron legends: Jonny Evans and Kyle Lafferty.

Uma foto publicada por Gary Lightbody (@garysnowpatrol) em

I stepped into goals after training and had Niall McGinn shooting rockets at me. That's why I stopped playing in goal.

Uma foto publicada por Gary Lightbody (@garysnowpatrol) em

-Belfast Live

jun,
6
2015
Um pouco de Troy Stewart

Membro do Little Matador e do apoio do Snow Patrol, o multi instrumentista Troy Stewart (The Windsor Player) tem dado suas contribuições em diversos projetos importantes.

  • O filme “Shooting for Socrates” exibe uma faixa exclusiva do The Windsor Player, “Were you a good King”. Uma pena que o filme não tem data de estreia e nem previsão de streaming pela Amazon ou iTunes.
  • “Just Before I Go”, filme dirigido por Courteney Cox, com música Original do Snow Patrol, também tem uma faixa do The Windsor Player, “Familiar Story”. Aqui do Brasil, podemos comprar esse filme pelo streaming da Amazon. :)
  • Atualmente, ele está em turnê com The Decemberists (aconselho seriamente, eles são muitos bons) pelos EUA.
  • Última dica! Vale a pena seguir ele no Twitter (@WindsorPlayer). #DJWindsor sempre posta músicas para apurar o gosto dos fãs. ;)

mar,
13
2015
[Relato de fã] Glauce Valeriano: Show em São Paulo 2012

A patrulheira Glauce Valeriano nos mandou seu incrível relato da aventura que precedeu o show de São Paulo do SP em 2012!

“Deixa eu ver, vou começar do… começo, hahaha

Então, sou de Porto Alegre – RS, quando descobri que Snow Patrol viria pro Brasil, eu disse que eu NECESSITAVA ir ao show. Comprei dois ingressos com desconto pra estudante pra pista premium do show em SP.

Reservamos hotel e tudo o mais no bairro Morumbi porque era o único que eu conhecia. Viajamos pra SP no dia do show, minha irmã e eu. Deixamos nossas coisas no hotel, fomos passear um pouco pelo shopping e depois voltamos pra nos arrumar e irmos para o show. Pensamos que seria divertido e econômico se usassemos o metrô para ir até o Credicard Hall. Não foi nada divertido, nadinha, tentamos entrar no trem várias vezes, mas sem sucesso, porque estava sempre extremamente lotado! Pessoas se empurrando, bolsas ficando presas do lado de fora e os guardinhas tendo que empurrar, uma loucura da qual duas gaúchas não estão nadinhas acostumadas, fiquei em choque. Resolvemos então pegar um táxi! E adivinhem… estavam bem na hora de pico, na metade do caminho, e ainda sem previsão para chegar ao local do show, soltei para o taxista muito simpático por sinal “Moço, tenho 50 reais na bolsa”. Ele foi tão legal, conversou tanto conosco que fez por 50 mil réis a corrida que no táximetro já marcava R$80,00. Ficamos em torno de 1:30 dentro do táxi. AHAHA

Chegamos lá, super animadas, e fomos tirar o nosso ingresso na bilheteria, tudo certo, ok. Mas quando a fila da pista premium começou a entrar e chegou a nossa vez a moça diz “Ingresso e carteirinha de estudante”. E adivinha, eu estava tão empolgada pra assistir ao show que deixei a maldita carteirinha em casa, isso mesmo, em Porto Alegre e a minha irmã deixou a dela no hotel. Aí começou o desespero e eu comecei a dizer “Moça, eu vim de Porto Alegre pra assistir a esse show, não faz isso comigo” e ela compadecida apenas dizia “Regras da casa moça, desculpa”. Aí a gênia da minha irmã perguntou se a nossa grade horária da faculdade, com o link de autenticação valeria, e a mulher assentiu.

Agora era só imprimir a grade, mas onde? Não conhecíamos SP, e eu já estava aos prantos, porque faltava pouco para o show começar. Tamanho foi meu desespero, que eu comecei a bater de casa em casa, perguntando se conhecia uma lan house, ou se a pessoa não tinha computador e uma impressora pra nos “emprestar”. Foi uma loucura, eu comecei a achar que não entraria no show depois de pagar o ingresso, passagens de avião, hotel. Chorei horrores naquele momento. As pessoas se compadeceram com a causa, mas ninguém tinha o que precisava para me ajudar. Até que alguém me disse que tinha uma lan house ao lado de uma faculdade. Caminhamos um bocado – um montão – até achar a bendita. Usamos nossos últimos centavos para pagar e voltamos correndo para entrar no show. Apresentamos os papéis e mesmo com uma cara de má, a moça nos deixou entrar.

Foi uma tortura até entrarmos de vez no Credicard Hall, mas valeu a pena, valeu muito a pena, ver o Gary tão de pertinho fez meu coração quase saltar pela boca. E no final, fomos até entrevistadas pra um site de músicas. Fomos muito bem recompensadas. E o show para mim, foi inesquecível. No final do show pegamos um táxi de volta, com umas gurias que estavam no mesmo hotel que nós. Elas pagaram a corrida e depois quando chegamos ao hotel e fomos até o nosso quarto, pagamos a metade. Foi uma aventura e tanto. Mas como eu disse valeu muito a pena!! Não vejo a hora que eles voltem. Dessa vez, quero que o meu coração não precise passar tanto aperto. AHAHAHAHA”

:D

Se quiser nos mandar seu relato, não hesite ;) Comentem e compartilhem!

Nosso Twitter
Nosso Facebook
Tuites da banda